Primeira parada: Ilhabela

Postado em Atualizado em

Desde quando comecei com a idéia de dar a volta ao mundo, o mar passou a me facinar. Por mais que ache legal a idéia de ter uma passagem de avião “volta ao mundo, nada me tiraria o gosto de cruzar pelo menos um oceano de veleiro. Foi por isso que decidi começar a viagem em Ilhabela, precisava testar como seria dormir algumas noites no mar, sentir como é uma pequena tempestade e saberia logística dos marinheiros.

Fiquei uma semana no Piatã, entre noites dormidas lá e na Nadya. Foi ótimo! Tenho certeza que já fui marinheira em outra vida e entendi porque os poemas de navegantes me tocam tanto. Na foto o Piatã está a esquerda apoitado no Saco da Capela. O

20140107-014744.jpg

Vista do fim de tarde de dentro do Piatã.

20140107-015746.jpg

Acabei aprendendo varias coisas de veleiro, conhecendo pessoas e tendo dicas para pegar carona. Decidi por fim segui viagem por terra e não esperar a primeira carona. Amei os dias na Ilhabela, talvez por isso, decidi sair logo. Senti que era hora de partir.

Foram muitas experiências intensas lá! Ter o Cadu por perto sempre me faz um bem enorme, além de ter o melhor filtro se pessoas e projetos legais de uma cidade. Só foi possível me apaixonar pelo mar e experimentar ficar a bordo por causa dele. Desde que somos amigos conheci muita gente legal através dele.

20140107-020756.jpg

Ainda vou pegar as caronas de veleiro, por hora, sigo viajando por terra. Se alguém tiver dicas e indicações, fique a vontade para compartilhar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s