Viajar é sair do lugar comum

Postado em Atualizado em

Há 6 anos atrás dois amigos vieram me visitar em Ituiutaba. O Martin (peruano) e a Lucila (argentina), eles faziam intercâmbio em Goiânia e convidei para virem aqui conhecer minha cidade. Que vergonha própria eu sinto agora! Levei eles em um bar conhecido, na boate, comeram muito aqui em casa, a Lucila alegou engordar uns 2 kg, e a melhor parte da viagem, sem dúvida, foi irmos a uma festa no sítio de uma amiga. Enfim, eles entenderam a cultura de onde vim. Acho que acreditaram que Ituiutaba era mais uma cidade do interior de Minas, sem nenhum grande atrativo na região. Demos o melhor de nós, minha família é boa para receber, mas no final de contas, nem nós mesmo sabíamos o que eles queriam.

Passou anos, eu comecei a viajar. Finalmente entendi o que os viajantes procuram (não estou falando dos turistas querendo comprar e fazer check-in!) Pois eu estava na mesma busca. São belezas naturais, pessoas autênticas, comida típica, alguma apresentações artísticas locais. É tedioso chegar em cidades e ver que a classe média pensa igual, tem os mesmos equipamentos eletrônicos, não praticam nem valorizam a cultura local, dizendo que não tem, ocupam a sua vida entre bebidas, trabalhos e relacionamentos. Que chato! Aconteceu isso comigo várias vezes. Inclusive em algumas cidades, depois de uma semana lá, eu contava pros moradores coisas que eles não conheciam.

Serra da Mesa Foto: Daniel Féo
Serra da Mesa Foto: Daniel Féo

Graças ao Daniel Féo, nos últimos anos, fui conhecendo melhor minha cidade. Ele me contava da congada, dos saraus que organizava, festival de rock, cachoeiras, rios, trilhas e serras que conhecia. Foi engraçado conhecer esse outro lado e me encantar depois de adulta. Subir a Serra da Mesa, ir pras cachoeiras pela primeira vez, fazer trilhas, ter lugares preferidos para ver o pôr-do-sol observar os pássaros e ver a lua nascer no céu. Que linda é Ituiutaba. Que lindo é saber que ano após ano, o Dani vai descobrindo a cidade, seu povo, tradições e lugares que eu nunca tinha ouvido falar.

Eu admiro muito ele por isso! Não acreditar que o certo é dizer ‘’se não tem mar, vamos pro bar’’. O engraçado de viajar é que passamos a ver beleza em toda manifestação cultural autêntica. E ter um pouco de preguiça de escutar a mesma música internacional em qualquer lugar do mundo. O mundo mainstream é um porre! Por mais que seja legal discutir os filmes que estão no Oscar e falar na mesa sobre o livro clássicos, difícil é viver experiências novas. Queremos conhecer o poeta desconhecido, o cronista que ninguém conhece fora dali. Falar do que fez e viu com os próprios olhos. Descobrir novos lugares, fazer novos amigos. Desligar o computador, pegar a bike e ir o mais longe da cidade que conseguir.

Hoje em dia quando alguém me diz que quer viajar no próximo ano eu rio internamente. Se pode começar a viajar no mesmo dia, porque demorar tanto? Não entendo como ainda não começou. Já fiz viagens incríveis em Ituiutaba mesmo de 6 horas, contando pedal e caminhada. Viajar é sair do lugar comum. Se engana quem pensa que é preciso ir longe para chegar a lugares novos. Fico feliz do Dani ter viajado tanto em Ituiutaba e na região. Mas eu fico mais feliz ainda por ter me tornado capaz de chegar nesses lugares sozinhas. De ter aprendido a acampar, fazer trilhas, nadar em rios, remar descendo corredeiras, descobrir cachoeiras e nascentes olhando mapas e o próprio relevo. Aprendi a organizar acampamentos, a não deixar rastros (ou minimizá-los). É maravilhoso ter autonomia. É maravilhoso poder abrir novas portas.

Foto: Daniel Féo
Foto: Daniel Féo

Para quem quiser viajar, recomendo começar pela própria cidade, pelos lugares que não frequenta, pelas manifestações culturais antigas. Recomendo conversar com os mais velhos. Escutar os causos da cidade. Saber se tinha saci, mula-sem-cabeça e assombração. Quando alguém te perguntar dicas de algum lugar, em vez de responder onde comprar e consumir, conte quem são as pessoas legais pra se conhecer. Para no final de tudo, após uns encontros, alguns dias de guia, o viajante sair com a melhor impressão da cidade e quem ficou, dizer meses depois, que criou coragem pra cair no mundo.

Fiquei emocionada com o e-mail que recebi de outro Daniel, um da Venezuela, que me recebeu como uma mãe, e decidi compartilhar.

‘’Hola Carolina, es Daniel de Chuao!, espero estes muy bien, te escribia para saludarte y decirte de una forma muy corta y aunque no lo creas, que gracias a ti empezare a viajar por el mundo. Fuiste mis inspiracion 🙂

Con mucho Cariño, Daniel!’’

Os encontros tornam o mundo melhor. Eu amo viajar, adorei ir pra Venezuela. Só foi tão boa a estada lá, porque pessoas como o Daniel Calderon, que me apresentaram Chuao e sua cultura. Aqui em Ituiutaba sinto a mesma coisa. Foi o Daniel Féo que me apresentou a cidade e suas inúmeras belezas. Eu só cai no mundo, porque já tinha recebido em casa gente de pelo menos 4 continentes, eles me inspiraram a ver o Brasil e o mundo de outra forma.

Foto: Daniel Féo
Foto: Daniel Féo

Agora somos muitos viajantes. Em cada encontro conhecemos mais o mundo pelo olhar do outro. Entendemos melhor de onde a gente veio e no fim das contas, conseguimos nos colocar no lugar de um desconhecido, ou de uma criança curiosa. Entender que o viajante quer conversar com a empregada, ir na feira e ‘’fazer programa de índio’’. Afinal, os povos originários, indígenas, como os chamamos, é que estavam certos. A beleza está na natureza. Na autenticidade natural do mundo.

Enfim, um novo olhar sobre minha cidade. A descoberta de novas formas de viajar.

Albúm Ventura: Viagem de fim de ano. Fotos Daniel Féo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s